Mas você me conhece

Eu me autosaboto

Me faço

Me desfaço

Me refaço

Me retraço

E deixo fluir


A vida não permite erros

Mas quem disse que a vida só é baseada em acertos?

Caminho sem mágoas, sem raiva, sem rancor

Mas tento sempre manter uma vida com razão e pudor


Questiono a hora que vai chegar

Que vai sair

Que vai ligar

Porque uma notícia tua é menos um problema a me preocupar


É ciúmes também, eu sei

É medo de te perder

Medo que te enganem e te roubem sem que você possa perceber

Mas você me conhece, sabe que te digo sim

Uma hora prefiro o terno, outra hora prefiro ficar assim


Peço que se cuide, se proteja e mantenha os olhos atentos

Pois neste mundo há muita gente querendo fazer de sua vida um grande tormento

Ah, não se preocupe e nem esquente com a maldade alheia

Lá em cima há sempre quem faça justiça com certeza


Seja amor, vibre luz e não ligue pra calúnias

Há tanta gente acreditando que me esmaga em suas próprias unhas

Mal sabem eles que o que trago é amor

Porque é isso que os falta até que chegue à dor.


(Abraham Schneersohn)

Pages